Untitled

Untitled

googleweblight.com

Para que um circuito elétrico funcione, é preciso que seja fornecida energia potencial elétrica para as cargas que ficam livres dentro dos condutores que o integram. O elemento responsável para ceder essa energia potencial elétrica para as cargas denomina-se gerador elétrico.

A função básica de um gerador elétrico é converter energia de outras formas em energia elétrica. Como exemplos estão citados aqui alguns tipos de energia que podem ser convertidas em energia elétricas: energia eólica, energia térmica, energia mecânica, energia química e etc.

Com certeza, você conhece muito bem alguns tipos de geradores que usam a conversão de energia química em energia elétrica, são eles: pilhas e baterias.

A anatomia de um gerador é a seguinte, possui dois pólos, um sendo positivo e que corresponde ao maior potencial elétrico, e outro sendo negativo e que corresponde ao de menor potencial elétrico. O gerador elétrico possui em seu interior, uma resistência muito pequena que se denomina resistência interna. Para representar esse elemento em um circuito elétrico usa-se o seguinte símbolo.

Onde: E = força eletromotriz do gerador
r = resistência interna do gerador

Do ponto de vista matemático, o gerador elétrico possui algumas características:

1 – A potencia fornecida pelo gerador ao circuito elétrico:

P = U.i

Onde: P = potencia fornecida
U = diferença de potencial entre os pólos do gerador
i = corrente elétrica

2 – A potencia elétrica dissipada pelo gerador:

Pd = r.i.i

Onde: Pd = potencia dissipada pelo gerador
r = resistência interna do gerador
i = corrente elétrica

3 – Potencia total fornecida pelo gerador:

Source googleweblight.com