Caranguejos, matemática e computadores

Caranguejos, matemática e computadores

Jeferson Luis da Silva


[+] - Entre em contato em https://keybase.io/jefersonsilva

[+] - Visite outras postagens em https://jeferson.silva.nom.br/


A forma como a natureza está organizada é algo realmente espantoso. Pouco se conseguiu explicar sobre esta “inteligência” natural que aleatoriamente compõe as melhores soluções evolutivas. Para os cientistas, todos os processos naturais podem ser interpretados em termos de cálculos, observar a natureza é um estímulo para criação de novas fórmulas no âmbito da matemática e da lógica computacional.


Na esteira desta maneira toda especial da natureza resolver questões evolutivas os cientistas da computação na Universidade de Kobe, no Japão, construíram um computador através da observação do comportamento dos caranguejos.


O computador é fundamentalmente um conjunto de portas lógicas e os caranguejos assumem um comportamento muito semelhante aos computadores na tomada de decisão.


Uma grande quantidade de caranguejos acomodados em um espaço limitado só pode assumir duas possíveis decisões. Ou se move ou fica parado. No estilo zero e um das portas lógicas.


O interessante é que o grupo de caranguejos consegue se organizar em ambientes limitados no intuito de sobreviver e tomam decisões previsíveis. Os resultados abrem para possibilidade de desenvolvimento de um modelo de computação não convencional onde os zeros e uns são representados pela ausência ou presença de um enxame de caranguejos com seus movimentos e decisões.


Nos testes foram criados corredores e os caranguejos estimulados com a presença de uma ave predatória falsa. Na busca pela sobrevivência ocorria o movimento destes seres. O principal objetivo da experiência é aprender com a natureza evolutiva e descobrir inovadoras formas de pensar sistemas lógicos complexos.